quinta-feira, 30 de maio de 2013

Look: Camisas sobrepostas!


As sobreposições é a melhor pedida para enfrentar esse frio que chegou com tudo aqui no Brasil, e nesse look eu decidi fazer uma sobreposição com duas camisas, uma branca super social, que vem do conceito de usar peças mais formais em looks casuais que eu mostrei aqui no post de ontem, com a minha camisa preferida, a jeans, por cima fazendo as vezes de uma jaqueta, essa é uma ótima dica, colocar uma camisa diferente por cima com o tecido um pouco mais encorpado e quente para quem não esta afim de usar uma jaqueta muito pesada, com o meu jeans black para dar um contraste com a parte clara de cima e para dar o toque mais informal ainda no look, um tênis baixinho tipo o vans que eu to usando.





camisa jeans hering, camisa branca da camisaria colombo, jeans black hbf, tênis vans era.

quarta-feira, 29 de maio de 2013

Tudo para um homem mais elegante!


Primeiramente eu quero me desculpar com todos os garotos que leem o blog, por que eu sei que escrevo pouco sobre moda masculina e a maioria das referencias que eu mostro aqui são nos meu próprios looks, que eu também reconheço que posto muito pouco, mas é que por mais que eu seja um garoto e por mais que eu ame a moda masculina e ame me vestir bem, eu escrevo mais e melhor sobre a feminina por que eu tenho mais afinidade com ela, tanto por desenhar só roupas femininas e quando acontece de eu desenhar alguma coisa masculina, é alguma peça para mim mesmo, que eu tenha vontade de ter e não acho em loja nenhuma, como também a moda feminina gera muito mais assunto do que a masculina, mas eu prometo que a partir de agora eu vou começar a dar mais atenção para a moda masculina, tanto nos looks diários como também mostrando as tendencias do universo másculo para vocês.
E hoje eu vou falar de uma maneira de se vestir com muita elegância e que o homens brasileiros devem aderir com certeza a essa moda, não só para eventos sociais, mas também para o dia-a-dia, pois usar a nova alfaiataria repaginada, com uma cara mais casual, deixa qualquer rapaz elegante e bonito sem parecer estar indo para um casamento ou formatura.
A maneira mais fácil de usar essa trend para o dia-a-dia sem ficar careta é colocando algum elemento mais divertido, como uma camisa estampada, por exemplo, e/ou brincar mais com as cores sem medo de ser feliz, mas se você ainda é meio tímido pra moda, da pra usar uma cores mais discretas, como o azul marinho  e o bordô. Outro ponto essencial para um look mais casual é que a modelagem ideal tanto para a calça como para o blazer seja skinny ou no máximo slim.
Também da para brincar bastante com o jogo de peças, que por sinal é a minha maneira preferida de usar esse tipo de look, por exemplo, se você quiser usar um blazer mais formal, da pra colocar uma camiseta ou uma pólo com uma calça jeans e um loafer, ou ao contrário, da pra usar também um terno em uma cor mais neutra com a calça mais ajustada e mais curta, com uma camisa estampada ou de uma cor forte, com um mocassim, ou ate mesmo um sneaker ou um runner que também fica elegante e super cool, mas é claro que isso só vale para o dia-a-dia, nada de usar tênis em uma festa de gala com smoking, por exemplo, isso só vale para o boys com menos de 18 anos. Outra maneira de ficar mais informal com a alfaiataria é misturar o blazer com um short, que também fica muito bom. Enfim existem n maneiras para ficar mais elegante e bem vestido no dia-a-dia assim como os italianos que vemos nos blogs de street style pela internet, basta ter criatividade e claro, o tal do bom gosto.
Eu separei algumas imagens para vocês se inspirarem na hora de se vestir, a maioria são do "tiozão" Nick Wooster, que pra mim é um dos maiores exemplos de estilo, e sabe brincar muito bem com essa "nova alfaiataria"







terça-feira, 28 de maio de 2013

Trend Alert: Saias Assimétricas!

Hoje vou falar um pouco de uma tendência que não me agrada muito e vem sendo aposta de vários estilistas e marcas no mundo todo desde quando a pioneira dessa e de  tantas outras trends, a Prada, decidiu coloca-la em sua passarela no desfile de inverno 2013 em Milão, estou falando das tão polemicas saias assimétricas, que apareceu nas passarelas daqui no ultimo desfile de verão da Tufi Duek, desfile que por sinal teria sido um dos melhores de toda a história da marca se não fosse a ideia do diretor criativo, Eduardo Pombal, de colocar as tais saia assimétricas na coleção.
Vocês que estão lendo não devem estar entendendo muito bem esse meu "pavor" com esse tipo de assimetria não é?! Tudo bem, eu explico.
Primeiro que elas não fazem sentido nenhum e a unica função é de deixar a peça feia, sim, elas tem o poder de estragar qualquer roupa até mesmo uma saia de alta-costura da Dior, que inclusive soube usar muito bem essa aposta em algumas peças do seu ultimo desfile da coleção Resort 2014, tanto nas saias como também em decotes muito bem pensados, porém Raf Simons deu uma escorregada colocando a assimetria errada da tal saia em calças, o que ficou ainda mais estranho. Outra coisa que também não faz sentido nessas saias é que elas deformam qualquer silhuetas, ate mesmo as de pessoas altas e magras como as modelos, parecem também que não fazem parte da mesma peça, enfim é uma trend que no meu ponto de vista é fail e eu só percebi que é uma tendência em potencial depois que vi a ultima coleção da DKNY (que mostrou a trend da maneira correta) apresentada semana passada em Nova York e a da brasileira Printing, que mostrou a forma certa e a errada, ai sim vi que se não termos cuidado ela pode e vai tomar conta do mundo (RISUS), pois esta sendo copiada cada vez mais por diversas marcas ao redor do globo.
Eu não estou dizendo isso por ser uma pessoa totalmente contra a assimetria, muito pelo contrario, eu gosto sim dessa modelagem, mas não das que estão sendo mostradas ultimamente como a da Prada e as calças da Dior. Um tipo bacana para se usar nas saias, por exemplo, e não ficar feio são aquelas que a algum tempo atras eu considerava cafona e que olhando direito agora a coleção da DKNY, deu pra ver que é uma coisa que pode sim valorizar alguns tipos de corpo, como aquelas em que a barra da saia são cortadas na diagonal e também tem os decotes e as mangas assimétricas que são uma ótima ideia para quem gosta da aposta, mas não vai muito com a cara das saias assim como eu. E para as que são ou vão ser adeptas a essa tendência, tomem muito cuidado e prestem atenção no tipo do seu corpo ao escolher uma dessas saias para vestirem.

Tufi Duek - verão 2014

O desfile da Resort 2014 da Dior, onde Raf Simons trabalhou muito a assimetria inclusive no decote do look 3 e no look 4 a calça com a mesma leitura das saias polemicas.

A apresentação da Coleção Resort 2014 da DKNY, que alem deles terem trabalhado a assimetria da maneira mais correta teve também uma outra trend fortíssima, o sport chic, que inclusive eu já havia comentado aqui no blog.

Aqui o desfile de inverno 2014 da Prada que foi a grife que lançou a tendência e mesmo eu amando a Prada e ter adorado essa coleção, essa é o tipo de assimetria que não dão muito certo, principalmente nas saias.

Aqui temos dois exemplos certos e dois errados de assimetrias, os dois primeiros looks mostram uma saia meio godê com o corte da barra em diagonal que da super certo e dois looks com saias "inspiradas" (pra não dizer copiadas) nas que deram errado da Prada.

segunda-feira, 27 de maio de 2013

Printing - Verão 2014

Ontem a marca mineira Printing apresentou a sua coleção para o verão 2014, que por sinal esta PERFEITA, como o próprio nome da marca já diz, a coleção esta repleta de estampas geométricas incríveis e bem coloridas, com uma modelagem um tanto quanto minimalista e saias bem assimétricas que me fez lembrar inevitável mente do desfile de inverno 2013 da Prada e do verão 2013/14 da Tufi Duek, mas isso foi pouco perto da tamanha beleza do restante dos looks.








Um vestido para uma Dama!



È com muita alegria e orgulho que venho mostrar hoje para vocês o primeiro vestido inteiramente desenhado e confeccionado por mim mesmo, não é a primeira roupa que foi desenhada por mim, eu já tinha feito a minha camiseta florida que eu mostrei no post do meu look inspirado na trend do novo minimalismo e também a minha camisa de poá que eu mostrei nesse post aqui, porém foi somente na camiseta florida em que eu mesmo fiz o molde, mas mesmo assim não teve o mesmo trabalho e cuidado como eu tive quando fui fazer o vestido, pra ele eu fiz ate um molde alinhavado em um tecido mais barato para fazer as alterações necessárias (haha) . Ele foi criado a pedido de minha linda mãe sem nenhuma ocasião especifica, acho que ela queria apenas me testar para ver se tenho futuro mesmo ou não, e segundo ela, o vestido ficou incrível e  exatamente do jeito que ela queria e havia imaginado. Modesta parte ficou muito bom, eu realmente me surpreendi comigo mesmo e fiquei muito orgulhoso, também não tem como não ficar quando você faz bem feita uma coisa que você ama e ainda por cima sai ótimo na primeira vez, isso realmente aumenta a sua auto-estima e faz com que você acredite ainda mais em si mesmo e no seu trabalho e sem contar o quanto é gratificante você ver uma criação sua sair de um simples desenho no papel e se tornar algo real e concreto.
O vestido foi feito em um tricoline 100% algodão na cor azul marinho, mais conhecido como navy entre os fashionistas e tem como inspiração uma modelagem bem anos 50 e 60, com a saia godê e as mangas 3/4, tudo bem feminino com um leve toque minimalista, por ser uma modelagem simples e todo monocromático, sem muitos detalhes chamativos, do jeito que minha mãe gosta. Não posso deixar de comentar da cintura super marcada, outro ponto que minha mãe adora dar enfase quando vai comprar alguma roupa e se vestir.
Espero que vocês também gostem tanto quanto eu gostei, e continue seguindo o blog por que semana que vem eu postarei um editorial exclusivo, clicado e com a produção de moda assinada por mim, para mostrar melhor como o vestido fica no corpo para vocês verem.
PS: Os detalhes nas laterais do croqui foram retirados do vestido a pedido de minha mãe.

Música: P9 - My Favorite Girl


A música dessa semana é a da mais nova boy band sensação, com a letra em inglês e o clima do clipe super americanizado, típico de uma boy band (não quero fazer comparações quase que inevitáveis com One Direction e The Wanted) , com os integrantes na praia sem camisa, surfando, andando de carro pela cidade, andando de skate e com varias garotas em volta deles dançando e sendo "felizes", apesar de tudo isso, eles são brasileiros e estão fazendo o maior sucesso, que inclusive essa musica deles, My Favorite Girl, fez parte da trilha sonora da ultima novela das 9 na globo, Salve Jorge, mas eu só descobri que eram eles que cantavam assistindo o Caldeirão do Hulk no sábado.
Eu gostei bastante da música em si, e espero que não seja mais um dos sucessos momentâneos igual a muitos que aparecem aqui no Brasil. Vale a pena dar play para ouvir ;)

sábado, 25 de maio de 2013

Fashionkids.nu

Com a ideia principal parecida com a do lookbook.nu, o blog fashionkids.nu é um portal onde são postadas fotos diárias das crianças mais fashionistas desse mundo, é tudo tão fofo que não tem como deixar de dar uma olhadinha, o mais legal é que as roupas não são infantis na grande maioria das vezes, elas parecem ser roupas de fashionistas gente grande em miniaturas.
Mesmo sendo a coisa mais linda e fofa que já vi em toda a minha vida, a primeira coisa que eu me perguntei e que qualquer pessoa se perguntaria que viu ou quando ver esse site é que a infância dessas crianças não estaria sendo "roubadas" de uma certa maneira, pois como eu disse a cima, as roupas são muito parecidas com as de pessoas adultas e não parecem ser roupas feitas para crianças, com algumas levando ate mesmo um pouco para um lado um meio "vulgar".
Enfim, moralismos a parte, eu adorei, vejo o blog a algum tempo, mas só agora eu tive a ideia de compartilhar com vocês, e quero saber suas opiniões sobre o assunto.
Abaixo, algumas fotos de alguns looks que eu mais gostei.







Link para quem quiser dar uma olhadinha no site: http://fashionkids.nu. Vale a pena ;)

quarta-feira, 22 de maio de 2013

Look: Novo Navy


Todos nós sabemos que o navy nunca sai de moda e em qualquer estação é uma aposta de varias marcas e estilistas, também vemos muito essa trend sendo usada no street style, onde sempre aparece alguma coisa listrada de preto e branco ou azul marinho e branco, um blazer mais estruturado também na cor azul marinho, ou ate mesmo aqueles que optam por alguma peça com estampa de âncoras , enfim, o navy sempre fez e vai continuar fazendo parte de nossas vidas de um jeito ou de outro.
No look que decidi mostrar para vocês hoje tem referencias dessa tendência só que eu quis montar uma produção não muito literal para mostrar um jeito novo de usar. O clima náutico fica mais por conta da camiseta com listras em preto e branco, que eu comprei a um tempo atras, quando a tendencia tinha acabado de ser "lançada" e ela fica ótima com calças claras, a que eu to usando é um jeans bem claro quase branco, mas tem um pouquinho de pigmento azul na lavagem e para dar um toque a mais de elegância, que é outra coisa que o estilo pede, eu coloquei um blazer mais estruturado na cor preta, pra deixar o look  mais a cara da tendencia mas sem parecer que eu estou indo a uma festa a fantasia fantasiado de marinheiro. E para arrematar todo o look usei o meu relógio dourado que eu já havia mostrado aqui para vocês (o dourado como também o amarelo são duas cores que também fazem parte do look navy, assim como o vermelho) e um óculos modelo aviador, que é ótimo para dar um ar um pouco mais "militar" ao look.






oculos: acervo; blazer: zara; camiseta: riachuelo; calça: renner; sapatos: m:zero; relogio: michael kors

terça-feira, 21 de maio de 2013

DIOR - Resort 2014

John Galliano que me desculpa, mas o seu escândalo não poderia ter sido melhor para a Dior, fazendo com que a grife substituísse ele pelo o atual diretor criativo, Raf Simons, digo isso depois que vi a nova coleção resort 2014 da marca apresentada ontem em Mônaco. Ele conseguiu trazer o feminismo romântico  característico da Dior desde a sua estreia na maison.
Nesta coleção ele manteve a estética como as saias assimétricas, os terninhos e a cintura marcada trazendo várias novidades, como por exemplo, a paleta de cores, onde tem vários tons vibrantes como o vermelho, o rosa e o azul cobalto que eu acho incrível com diversos tons neutros, que o contraste perfeito, sem contar os acessórios que são um show a parte, dando destaque para os óculos de sol.
Sem os exageros e extravagancias da época de Galliano, a Dior voltou a ser feminina, romântica e atual.










Kilt e/ou Saias Masculinas - Uma tendencia bem polemica

Depois da mega polemica que rolou durante algumas semana atras, quando o jovem estudante de têxtil e moda  do campus da zona leste da USP (Universidade de São Paulo), Vitor Pereira, resolveu usar um kilt para ir a faculdade, tornando-se alvo de varias criticas e comentários preconceituosos e ofensivos sem fundamentos nenhum, tanto na faculdade como nas redes-sociais onde ele posta fotos de alguns de seus looks.


A repercussão do caso foi tão grande que virou noticia em vários canais na internet até que eu decidi escrever o meu ponto de vista sobre isso. Então vamos la.
Vou começar a falar um pouco sobre a história dos kilts. Eles são as "saias" masculinas, e foram originalizados na Escócia, com pregas na parte de trás e trespasse na da frente com o comprimento que ia da cintura ate os joelhos e eram usados sem cuecas (uma coisa muito desagradável e que não deve ser copiado se você quiser aderir a essa trend), eram usados por guerreiros e batedores dos clãs, feitos tradicionalmente de tecidos de lã e com estampas de tartan sendo que cada clã possuía a sua própria padronagem do tartan, diferenciando uns dos outros. Era o traje tipico de homens e jovens das montanhas escocesas do século XVI e desde o século XIX esta associado a toda cultura escocesa e com erança da cultura celta, sendo usados até hoje por aqueles que aderem a tradição.
De alguns tempos pra cá , vários famosos começaram a adaptar a peça no seu dia-a-dia, como um dos maiores ícones fashion da atualidade, o estilista Marc Jacobs. Aqui no Brasil temos um estilista que também sempre colocou os kilts com diferentes releituras em seus desfiles e que sempre foi conhecido  pela sua estética conceitual e um pouco andrógina que é o João Pimenta, que por sinal eu sempre fui um grande admirador do seu trabalho e fã incondicional de seus blazer e que na minha opinião é o único estilista que salva e que pode fazer muita diferença na moda masculina brasileira.
Agora voltando um pouco no assunto do jovem que decidiu vestir uma saia para ir a faculdade. Qual o problema de um garoto querer usar uma peça de roupa que foi designada especialmente para homens a muito tempo atrás?! Como o próprio Vitor disse em uma entrevista ao portal de noticias G1 e que eu penso a mesma coisa, é que a moda andrógina pode e deve ser mais explorada sem o preconceito ridículo que existe hoje em dia, esse preconceito e/ou medo de ousar da parte dos homens brasileiros, é um dos principais fatores que fazem a moda masculina brasileira ser tão atrasada em vista da internacional, não estou querendo dizer que para melhora-la todos os homens devem sair de casa usando saias, mas tanto os homens como a população em geral deve perder a mania de olhar o diferente como uma coisa ruim e sim com um olhar de curiosidade procurando sempre aprender e entender aquilo que é desconhecido pra daí sim formar uma opinião que nunca vai ser uma verdade absoluta. Também não acredito que exista "coisa de homem" e "coisa de mulher", claro que como tudo nessa vida deve sim existir um bom senso de ambos os lados para não se passar por ridículo.

Marc Jacobs

João Pimenta - inverno 2012