sábado, 27 de abril de 2013

Fashion Rio - Verão 2014 (masculino)

Hoje é dia de falar de tudo o que aconteceu na e para a moda masculina no edição de verão 2014 do Fashion Rio, nessa parte tos existem vários pontos interessantes que vem sendo discutidos por muitos a algum tempo, inclusive por mim (aqui), pois a moda brasileira, especificamente a masculina, é um assunto que deve ser discutido seriamente dentro das industrias do setor.

2ND Floor
Vamos começar a falar dos desfiles, primeiramente teve a 2ND Floor, que abriu a semana de moda no Rio com 50 looks e somente 6 deles eram masculinos, mostrando mais uma vez o descaso das mascas com os seus consumidores homens, além de tudo a sua modelagem parece ter sido combinada com todas as outras marcas, que de alguma forma também investiram na moda masculina, usando a alfaiataria slim, mais justa no corpo e mais jovem, combinada as vezes com short e blazer, coisa que nós adoramos, mas que já não é nenhuma novidade pra ninguém, tirando tudo isso a coleção foi muito bem feita, com o novo minimalismo (outra inspiração coletiva), looks as vezes monocromáticos e as vezes todo com a mesma estampa, sem nenhuma mistura.


TNG
A TNG me pareceu ter feito 2 coleções totalmente diferentes, uma para os modelos profissionais e outra super diferente para as celebridades convidadas, tanto no masculino como também no feminino, na parte desfilada pelos modelos a coleção tinha sim suas influencias dos dois grandes festivais que serviram de inspiração e também um pouco de alfaiataria slim que é a marca registrada da grife e bastante looks com inspirações esportivas, tudo muito colorido, já nos looks desfilados pelo ator, não tinha nada que ligasse eles com o resto da coleção além da alfaiataria, que foi bem discreta.


Herchcovitch
Alexandre não trouxe nenhuma grande novidade, até por que essa segunda marca dele é mais comercial, então ele tenta seguir o mesmo padrão de modelagem e material dentro daquilo que te inspira, mudando apenas a "história" que tem de uma coleção a outra.

Reserva
O desfile mais mal falado pela critica de toda a temporada, não pelo seu mau gosto da coleção, mas sim pelo seu protesto que levava fantasias penduradas em um tipo de cabide bem na frente dos modelos, dificultando os fotógrafos a fazerem o seu trabalho, mas tirando isso a coleção foi bem jovem, com uma modelagem bem skinny e como todas as outras, ela também apostou na alfaiataria.


R.Groove
A R.Groove foi a unica que seguiu um caminho diferente com uma modelagem mais larga e confortável com pouquíssima alfaiataria e um ar que me lembrou um pouco a Prada, mas isso não vem ao caso, além disso, eles também trouxeram estampas tropicais, que foram representadas por estampas bem grandes de frutas na frente de camisetas, as listras também foi outro tipo de estamparia usada e um pouco de folhagem também e mesmo eu sendo loucamente apaixonado pela silhueta skinny e não ter nenhuma calça mais "larga" a coleção foi muito bem editada e eu particularmente usaria todas as peças mostradas


Nenhum comentário:

Postar um comentário